Cheguei ao 222

Semana passada foi de dia nacional do livro, de início de mais uma feira em Porto Alegre e do aniversário do Drummond. Vamos então falar de livros? Vamos.

IMG_2064

Eu e uma das minhas aquisições na feira deste ano 🙂

Me propus completar 250 livros lidos até chegar aos 30, em 18 de agosto de 2016. Há poucos dias cheguei no 222. E há poucos dias também recuperei as relíquias da foto abaixo, as primeiras leituras que lembro de ter feito na vida. Foi por causa de um destes que eu fiz uma nuvem, quando a professora da 1ª série pediu desenhos de coisas que começassem com a letra “a” –  mas não é “a nuvem” professora?

11312166_911230522257930_1772261110_n

Relíquias lidas muitas e muitas vezes.

Isso foi aos seis anos. Um pouco mais tarde, lá pelos 9, o colégio exigiu pela primeira vez uma leitura com mais textos do que desenhos, “de gente grande”. O livro, que tenho até hoje, era o Fugindo de casa, da Suzana Dias Beck. Parecia um desafio gigante ser obrigada a ler 72 páginas.

914672_292931560867823_1163391752_n

Quem mais leu no colégio?

Lembro de começar a leitura num sábado, logo depois do almoço. Lembro também de não consegui parar. Ia virando página após página, já ouvindo minha mãe dizer “tu vai te atrasar!”, pra algum compromisso que eu tinha. E lembro do pesar com  que saí de casa e deixei o livro.

cat

Só mais uma página!

Foi como a descoberta de algo muito maravilhoso: uma história inteira estava ali naquelas páginas e eu, lendo, meio que fazia parte daquilo. Era um pouco inacreditável isso ser possível. Mas fato é que, desde então, o gosto pelos livros só cresceu. Ainda no colégio, as visitas à biblioteca se tornaram frequentes. E tenho que dizer: ter uma biblioteca na escola, e professoras que incentivaram a leitura, foi parte fundamental do processo.

Love

Meu agradecimento à biblioteca e às professoras de todo o coração ❤

Eu poderia passar horas escrevendo e ainda assim não teria sucesso em expressar o tanto de afeto que tenho pela literatura e o tanto de sua importância para mim. Vou parar por aqui. Mas voltarei a escrever sobre isso certamente. Porque assim como a vontade de ler, o assunto é inesgotável 🙂

Anúncios

2 comentários sobre “Cheguei ao 222

  1. Pingback: 100 Livros da Vida – Parte 1 – Infância | Livro Terapia

  2. Pingback: Genevive | Vinte e todos anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s